Histórico

O curso de Medicina da Universidade Federa de Santa Catarina (UFSC), criado em 1960, teve as disciplinas de Ginecologia e Obstetrícia coordenadas pelo Departamento Materno Infantil, e as aulas teóricas e praticas eram ministradas na Maternidade Carmela Dutra, onde atualmente é a unidade VIII, unidade de Alto Risco, no local havia uma secretaria e uma sala de chefia. A reitoria se localizava na Rua Bocaiúva, onde agora é o exército, havia um casarão no local onde algumas aulas eram ministradas, aulas essas que também eram lecionadas do prédio da Rua Ferreira Lima.

Em 1982 ocorreu a separação do Departamento por três razões: éticos, políticos e profissionais. Ética, pois o professor Walmor Zomer Garcia responsável pelo Departamento por ser pediatra não poderia ser responsável por atos obstétricos. Políticos, pois como um departamento único, assim tendo direito a apenas u voto no colegiado, mesmo sendo um departamento grande. E profissional porque ninguém era médioco da especialidade materno-fetal, são médicos gerais, pediatra, ou, ginecologista. Nascendo assim o Departamento de Tocoginecologia.

Desde 1980, o departamento lutava pela criação da maternidade no Hospital Universitário (HU), inúmeras foram ás reuniões feitas por esta razão. Após se construído, tínhamos então um representante do departamento dentro do HU, mesmo sem a maternidade funcionando.

Houve uma segunda grande mudança para o departamento além da separação dos Departamentos  que foi o aumento do internato, de dois para três semestre, o que aumenta a vivência dos alunos no hospital, ocorrendo um maior contato com a prática médica.